Durateston Landerlan Plus Gold 250mg

R$150.00

Categoria:

Descrição

Durateston Landerlan Plus Gold 250mg! Durateston ou “Dura” como é chamado, tem em sua combinação quatro tipos diferentes de testosterona.
A sua principal função é fornecer uma quantidade de testosterona alta para o sexo masculino que possuem carências ou deficiências hormonais, produzindo sempre um efeito prolongado

  • 4-androstene-3-um, 17beta-ol
  • Testosterona base + éster propionato
  • Peso Molecular (base): 288,429
  • Peso Molecular (éster): 74,0792
  • Fórmula (base): C19 H28 O2
  • Fórmula (éster): C3H6O2
  • Ponto de fusão (base): 155
  • Ponto de fusão (éster): 21C
  • Fabricante: Diversos
  • Dose efetiva (Masculino): 350-2000mg + semana.
  • Dose efetiva (Feminino): 50-100mgs/week
  • Vida ativa: 2-3 dias
  • Detecção Horário: 2-3 semanas
  • Anabolic / Androgenic razão: 100/100.

Descrição do produto

O que é o Durateston?

É um medicamento controlado, que só pode ser comercializado e usado com receita médica.

Feito à base de testosterona, é geralmente encontrado em ampolas que devem ser injetadas no músculo cautelosamente e com bastante profundidade.

Serve principalmente para tratar o hipogonadismo.

Essa doença afeta a saúde masculina, pois inibe a produção do hormônio mais importante na vida de um homem a testosterona.

A grosso modo podemos dizer que o “dura” é o resultado da soma de quatro grandes grupos do hormônio testosterona na forma sintetizada.

Sendo eles:

# O Propionato de testosterona que participa com 30 mg: a manipulação em laboratório deste ingrediente do Durateston aumenta consideravelmente o padrão da testosterona natural que a pessoa já possui. Ele age imediatamente, em contrapartida o período de permanência é menor.

# O Fempropionato de testosterona está na quantidade de 60 mg: permanece mais tempo no corpo, mas age lentamente;

# Isocaproato de testosterona assume 60 mg dentro da fórmula: o único entre as testosteronas que não é encontrado isolado, se integra as outras para aumentar a eficiência do medicamento;

# Decanoato de testosterona com 100 mg: já foi a maior referência no mercado veterinário por combinar todo o seu potencial no extinto Notest 250.

Além desses itens, existe ainda na composição Excipientes, entre eles o álcool benzílico e um que merece muita atenção o óleo de amendoim.

Por não ser tolerado em decorrência do potencial alergênico em algumas pessoas.

Respectivamente cada uma das testosteronas contribui para trazer ao organismo dose extraordinária do hormônio.

Que resulta em mais força física, despertar dos traços masculinos e naturalmente volume corpóreo.

Veja também

Para que serve o Durateston?

A testosterona é o hormônio responsável para que o homem desenvolva todos os traços característico do sexo.

Como por exemplo, o desenvolvimento das genitálias (pênis, testículos), voz mais grave, pelos no corpo, produção de espermatozoides, libido e virilidade.

O crescimento muscular também é um sinal de que o corpo masculino está se desenvolvendo quando o nível do hormônio está normal.

Porém, em alguns homens essas mudanças não ocorrem em virtude do hipogonadismo, afetando o desenvolvimento e principalmente a autoestima masculina.

Até então, as terapias de reposição hormonal – que são muitas – cercam-se de recursos químicos (medicamentos).

Todos a base de testosterona, para dispersar este “anabolizante natural” no organismo masculino.

Sim, o Durateston é um desses medicamentos!

Contudo, o uso traz também um tipo de ganho corpóreo inigualável, que “encanta” quem treina para tornear a musculatura visando volume e força acima da média.

E isso ocorre, rápido graças ao potencial do medicamento em afastar o catabolismo (queima muscular) e da não propriedade de retenção de líquidos nos músculos.

Situações comuns a outros anabolizantes androgênicos disponibilizados no mercado.

Quais os benefícios para quem consome o Durateston?

Todos os esteroides presentes no medicamento agem em conjunto e com certo imediatismo graças a sua forma injetável.

Para você ter uma ideia o Propionato de testosterona alcança o superávit em 2 dias; o Isocaproato e o Fenilpropionato de testosterona em 3 dias. O Decanoato chega a 7dias.

Homens que estão no grupo onde a deficiência de testosterona é grave se beneficiam com o fármaco.

Porém, fisiculturistas e marombas que nem sempre estão com dificuldades em manter o nível do esteroide o utilizam para aumentar a massa magra.

E como consequência a força muscular também aumenta. Atletas (não generalizando) que buscam atingir alta performance consomem o produto, especialmente na fase de bulking

Porém, caso as competições estejam sob as regras da Agência Mundial Anti-Doping (WADA), é crucial o acompanhamento médico.

Veja bem, o Durateston melhora a performance esportiva, mas isso, de forma alguma justifica o seu uso, pois os efeitos colaterais podem ser severos e não compensam o risco.

Com indicação clínica e supervisão, podemos destacar os seguintes benefícios com o uso de Durateston:

Menos gordura corporal, graças a aceleração metabólica quando os exercícios são praticados ou quando alimentos são consumidos;

  • A eclosão muscular é muito rápida;
  • Aumento da síntese proteica;
  • Os níveis de Actina e também de Miosina sobem rápido;
  • Afasta o catabolismo, o que é providencial para muitos músculos;
  • Inibe os glicocorticoides, hormônios que interferem para perder mais massa;
  • Normalmente não causa danos ao fígado;
  • Existe um acréscimo nas hemácias o que favorece o aumento na imunidade;
  • Eleva o hormônio péptico IGF-1 importante para recuperação pós treinos;
  • Pode auxiliar a evitar doenças.

Porém, somente um médico pode realizar o prognóstico se o homem pode e se deve utilizar o medicamento para tratar a patologia onde não existe a produção da testosterona.

Bem como, orientar os saudáveis que visam apenas hipertrofiar.

Que, normalmente com a aplicação de 250mg da fórmula, já percebem os resultados a favor do ganho de massa.

Como tomar o Durateston

Disponibilizado em solução injetável intramuscular, cada unidade contém uma ampola do medicamento. A aplicação da solução deve ser realizada por um médico ou profissional habilitado, normalmente no braço, nádegas ou parte superior da perna.

As aplicações são controladas via formulário e receita médica.

Sendo que para repor o hormônio testosterona, a cada 7 dias uma ampola é aplicada.

No entanto, cada organismo tem necessidades e reações diferentes o que pode exigir ajustes na dosagem.

No caso de aplicação com o fim específico para a estética (o que é proibido, mas não cumprido) o medicamente segue ciclos de aplicação.

Nestes ciclos o usuário irá desenvolver a musculatura gradualmente, porém rápido. E quanto maior o ciclo mais chances de sofrer os efeitos colaterais.

Existem ainda ciclos paralelos, onde o Durateston é usado em concomitância com outros esteroides.

Em relação aos ciclos com o medicamento temos:

Ciclo curto para uso do Durateston
Neste ciclo, o período é de 8 até 10 semanas. Sendo as variações respectivamente aplicação nas 5 semanas iniciais com pausa nas 3 seguintes.

Na segunda opção, a pessoa aplica o medicamento durante as 6 primeiras semanas e pausa nas 4 seguintes.

Após cada pausa o processo é reiniciado ou não.

Ciclo médio para uso do Durateston
Neste caso, o período total e cada ciclo poderá ser de 12 ou de 15 semanas.

Na primeira opção, em 8 semanas consecutivas será a aplicação intercalando com 4 semanas de paus.

No segundo caso, a aplicação será por 9 semanas e as 6 restantes para descanso.

Ciclo longo para uso do Durateston

O ciclo longo consiste em 10 semanas sequenciais aplicando o medicamento.

Processo que aumenta as chances de complicações severas, designando este ciclo como muito perigoso para o organismo de forma geral.